Quarta, 26 de Janeiro de 2022 20:18
(99) 98133-6017
Cidades AÇÃO

Frentes de serviços atuam na recuperação dos estragos provocados pelas chuvas, em Imperatriz

Medidas priorizam revitalização da malha viária e galerias de drenagem profunda.

04/01/2022 14h24 Atualizada há 3 semanas
Por: Angra Nascimento Fonte: Assessoria
Zigomar Filho pontua frentes de serviços que atuam nos bairros e povoados.
Zigomar Filho pontua frentes de serviços que atuam nos bairros e povoados.

IMPERATRIZ - Várias frentes de serviços atuam nos bairros, para recuperar os estragos provocados pelas chuvas intensas que caíram nestas últimas 48 horas em Imperatriz. Medidas priorizaram a recuperação da malha viária e galerias de drenagem profunda, consideradas antigas e que não suportaram a enxurrada de águas pluviais.

O secretário municipal de Infraestrutura, Zigomar Filho, pontou em entrevista que equipes foram deslocadas na manhã desta terça-feira (04/01) para recuperar, emergencialmente, o trecho da estrada que liga Lagoa Verde ao Centro Novo, em virtude do surgimento de erosão que ameaçava interditar a via entre os dois povoados. “Previsão é de concluir esse trabalho ainda nesta semana e, posteriormente, enviaremos nossas equipes para recuperar erosões na rua Rio Grande do Norte, entre as ruas Tupinambá e José Bonifácio, no setor do Mercadinho”, disse.

Segundo ele, outra equipe de drenagem trabalha na manutenção e recuperação da rua Henrique Dias, cruzamento com a rua Cel. Manoel Bandeira, no Bacuri. A área foi atingida pela enxurrada do riacho Bacuri que danificou também o pavimento asfáltico. “Essas duas equipes trabalham nestes setores da cidade nesta semana”, frisou.

Zigomar Filho destacou que 160 trabalhadores atuam na execução do Plano de Ação/2022, divididos em 12 equipes, em 10 setores dos bairros e povoados de Imperatriz, inclusive aos finais de semana e feriados. Também foram disponibilizadas equipes de plantão para ações emergenciais durante esse intenso período chuvoso.

O secretário assinalou ainda que o Município investiu em obras de drenagem profunda na Tietê e parte da rua Tamoios, faltando um trecho para interligar, mas que projeto foi encaminhado ao Governo Federal para viabilizar a liberação de recursos para construção de outros ramais de drenagem profunda no Parque das Estrelas.

“Prefeitura está fazendo um estudo da bacia do riacho Bacuri, para viabilizar os recursos financeiros para que sejam feitas obras de macrodrenagem para diminuir os transtornos e conseguir fazer a pavimentação com uma drenagem que possa suportar o volume de água nesta área do bairro”, detalhou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.